A- A A+ Tamanho da Fonte

Os desafios para cuidar do meio ambiente envolvem também pequenas iniciativas ao utilizar os recursos naturais de forma responsável e de modo sustentável. Itajaí está entre as cidades da América Latina que firmou um compromisso com a ONU de reduzir a emissão de plástico. Com isso, diversas iniciativas públicas foram adotadas como a substituição de copos descartáveis em eventos, pelos copos ecos. A iniciativa serviu de exemplo para os alunos de uma creche municipal, que decidiu eliminar os copos descartáveis depois de conhecer os copos ecos nas festas da cidade. Em festas típicas da região, algumas medidas para reduzir o lixo também foram adotadas pelos organizadores. De acordo com o secretário de Turismo de Itajaí, as ações nos eventos públicos têm o objetivo de conscientizar e levar a ações concreta. As pessoas estão habituadas a falar sobre sustentabilidade, mas a ação está um pouco longe ainda. Eventos como a Marejada e a Volvo mostram a ação em si, mostram que você consegue fazer e isso chega às novas gerações.   https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2018/11/27/escova-de-dente-de-bambu-copo-eco-e-bioconstrucao-conheca-iniciativas-sustentaveis-em-sc.ghtml

Leia mais...

Trabalhando a sensibilização da sociedade na busca pela preservação dos rios, lagos e lagoas do Sul catarinense, foram realizadas diversas ações que, contribuíram para que a gestão da água fosse debatida em diversos setores de planejamento estratégico. O principal papel é atuar pela preservação da água, buscando harmonia com o uso que a sociedade faz desse bem precioso.  Apesar das dificuldades, 2018 foi um ano de superação para o Comitê, foram distribuídas em torno de duas mil mudas de árvores na Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá, por meio do Projeto Ingabiroba; foi consolidado a Associação de Proteção da Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá (AGUAR), que foi aprovada e aceita como Entidade Executiva. Além disso, o Comitê já teve reconhecida a ampliação de sua área para os Afluentes Catarinenses do Rio Mampituba, passando para 22 municípios abrangidos, com mais de quatro mil quilômetros quadrados – todo o Extremo Sul catarinense e parte da Região Carbonífera. Em 2019 o foco vai ser na capacitação dos membros, para que reconheçam a importância do processo de gestão dos recursos hídricos e a articulação para proteção dos mananciais, como ações estratégicas e planejadas de educação ambiental em escolas e instituições, para que a sociedade continue reconhecendo o Comitê como um importante e articulador, sempre pensando na proteção das águas. O que também deve ser concluído no próximo ano é o processo de outorga da água, já implantado em um projeto piloto no Sul catarinense. https://www.portalveneza.com.br/comite-ararangua-completa-17-anos-de-acoes-pela-preservacao-das-aguas-no-sul-catarinense/

Leia mais...

Os 32 Centros de Educação Infantil (CEI) da Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc) já estão com suas entradas prontas para a chegada do natal. Crianças, professores e comunidade escolar, criaram lindas árvores e presépios de natal utilizando materiais recicláveis, o que tem colaborado para a preservação do meio ambiente e deixado os espaços com uma beleza ímpar. Conforme a coordenadora do Departamento de Educação Infantil (DEI), a ideia foi de encontro com o projeto que o departamento de Clube de Mães e Idosos está realizado nas comunidades. Essa é uma época que enche os olhos das crianças de brilho por ver as árvores de natal, papai Noel, entre outras coisas que encantam nessa época. A comunidade escolar utilizou de ideias criativas e diferentes. Foram utilizados diversos materiais como, garrafas pets, copos descartáveis e pratos de papelão que estão encantando todos que passam pelos Centros de Educação Infantil da Afasc”. http://www.engeplus.com.br/noticia/geral/2018/cei-s-da-afasc-montam-arvores-de-natal-com-materiais-reciclaveis#2

Leia mais...

O Fórum Permanente de Restauração e Revitalização do Rio Mãe Luzia em parceria com a Fundação Municipal do Meio Ambiente de Nova Veneza com o apoio da Unesc, das câmaras de vereadores de Nova Veneza, Siderópolis, Forquilhinha, Maracajá, Araranguá, Criciúma, Treviso e Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá, realizaram atividades de educação ambiental com a escola Abílio César Borges de Nova Veneza. Na manhã desta segunda-feira (03), realizaram o plantio de mudas nativas com os alunos em uma Área de Preservação Permanente do Rio Mãe Luzia, localizada aos fundos da empresa VSR Metal Mecânica.  Esse projeto trouxe diferentes formas de ensinar e conscientizar os alunos da importância de preservação e recuperação ambiental, em especial do rio Mãe Luzia, é importante este contato direto dos alunos com a natureza, pois reforça e compartilha a responsabilidade com o meio ambiente e com a cidade. A ação foi um momento especial de interação, mostrando a importância da sustentabilidade para as futuras gerações. https://www.portalveneza.com.br/atividade-de-educacao-ambiental-sao-promovidas-em-nova-veneza/  

Leia mais...

Instituições

  • Assembléia Legistativa de Santa Catarina
  • Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul
  • CASAN
  • CELESC
  • CIDASC
  • Epagri
  • Escoteiros
  • FAPESC
  • Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Santa Catarina
  • Fórum Catarinense de Comitês de Bacias Hidrográficas
  • Fundação GAIA
  • Universidade Regional de Blumenau
  • Instituto Ambientes em Rede
  • Instituto Federal de Santa Catarina
  • Instituto Noah
  • Policia Militar Ambiental
  • Rede Sul Brasileira de Educação Ambiental
  • Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
  • Secretaria de Estado da Educação
  • Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Universidade Federal de Santa Catarina
  • União dos Dirigentes Municipais de Educação
  • UNISUL
  • Universidade do Vale do Itajaí
  • UNOESC
Centro Administrativo do Governo | Rod. SC 401 - km. 5, nº 4.600
Florianópolis | CEP: 88032-900 | Telefone: (48) 3665-2000
Entrar

Acesse sua conta de usuário

Usuário *
Senha *
Lembrar de mim