A- A A+ Tamanho da Fonte

O presente artigo científico objetiva avaliar as causas da morte do manguezal, localizado na Barra do Aririú município de Palhoça e consequentemente sugerir medidas que possam recuperá-lo. Sabe-se que a principal causa da extinção da área de mangue deve-se a ocupação urbana sem controle ou qualquer tipo de fiscalização.

Os mangues fazem parte de um ecossistema da Mata Atlântica e que desempenham várias funções, entre elas a fertilização das águas costeiras, berçário para a fauna aquática, manutenção dos recursos pesqueiros, entre outros. Portanto, a preservação deste manguezal é importante para o desenvolvimento também da economia local.

O manguezal da Barra do Aririú é um exemplo deste tipo de impacto causado pela urbanização descontrolada, pois perdeu muito de sua área para a construção e expansão urbana. A metodologia selecionada para este estudo foi a pesquisa de campo associada à pesquisa bibliográfica. Para minimizar o problema do manguezal da Barra do Aririú são necessários planos que incluam a fiscalização da área em estudo, bem como um eficiente plano de educação ambiental com a comunidade, com o intuito de esclarecer à população local sobre a importância desse ecossistema e de sua preservação.

Sabe-se que a postura da comunidade não é mudada repentinamente e é preciso que, primeiramente, os moradores do entorno compreendam os danos ambientais provocados pela degradação do mangue e se unam para que o mesmo seja recuperação, na medida do possível.  

Autores: Meri Bosa de Espíndola e Sérgio Luiz de Almeida

 

Instituições

  • Assembléia Legistativa de Santa Catarina
  • Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul
  • CASAN
  • CELESC
  • CIDASC
  • Epagri
  • Escoteiros
  • FAPESC
  • Fundação do Meio Ambiente
  • Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Santa Catarina
  • Fórum Catarinense de Comitês de Bacias Hidrográficas
  • Fundação GAIA
  • Universidade Regional de Blumenau
  • Instituto Ambientes em Rede
  • Instituto Federal de Santa Catarina
  • Instituto Noah
  • Policia Militar Ambiental
  • Rede Sul Brasileira de Educação Ambiental
  • Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
  • Secretaria de Estado da Educação
  • Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Universidade Federal de Santa Catarina
  • União dos Dirigentes Municipais de Educação
  • UNISUL
  • Universidade do Vale do Itajaí
  • UNOESC
Centro Administrativo do Governo | Rod. SC 401 - km. 5, nº 4.600
Florianópolis | CEP: 88032-900 | Telefone: (48) 3665-2000
Entrar

Acesse sua conta de usuário

Usuário *
Senha *
Lembrar de mim